Resenha – Harry Potter e a Pedra Filosofal

sábado, 3 de janeiro de 2015
Por: Denise Miranda
Olá, leitores!
É uma honra poder fazer a primeira resenha do Postando Trechos. Como já devem ter percebido pelo título, HP dará início ao nosso cantinho literário. Mas por que não começar com outros, uma vez que esse livro já é muito conhecido? Bem, como uma amante da leitura e muito fã da saga que nossa querida J. K. Rowling escreveu, decidi que nada melhor do que algo que amo muito para falar logo de cara.
Então vamos lá!
Harry Potter é um menino magro, dos joelhos ossudos, com olhos verdes e cabelos rebeldes que mora na Inglaterra junto dos tios trouxas*, Valter e Petúnia, e seu primo, Duda. Depois de dez anos convivendo com esta família que o maltratava, Harry começa a receber cartas misteriosas, que são interceptadas pelo tio antes mesmo dele conseguir lê-las. Somente dias depois, com a ajuda de Hagrid, o funcionário de um local muito peculiar, o garoto de onze anos descobre que é um bruxo e que tem uma vaga garantida na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts.
Em meio a tantas novidades que o enchem de dúvidas, Harry começa a descobrir seu passado, inclusive que é uma celebridade no mundo da magia. A fama decorre de um acontecimento de quando o garoto ainda tinha apenas um ano, envolvendo um bruxo poderoso, a morte de seus pais e sua sobrevivência enigmática, que lhe rendeu a sua marca, uma cicatriz em forma de raio na testa e o apelido de “o menino que sobreviveu”.
Durante sua viagem de trem para Hogwarts, Harry conhece Rony, um garoto de sua idade ruivo, engraçado e de família pobre, que possui um rato de estimação, e Hermione, uma garota muito inteligente, filha de trouxas, com cabelos volumosos e dentes meio avantajados. Ambos viriam a ser seus melhores amigos e companheiros de todas as batalhas que ele enfrenta durante a saga. Harry é, também, apresentado a algumas coisas como o Quadribol, a divisão de casas da escola (Grifinória, Corvinal, Sonserina e Lufa-Lufa), Dumbledore, o diretor da escola e tem um segundo contato com seu futuro inimigo, Draco Malfoy, um bruxo de família tradicional que tornará seus dias mais complicados na escola.
Também no volume um da saga e, consequentemente, o primeiro ano de Harry e seus amigos em Hogwarts, eles descobrem que alguém dentro da escola está ajudando um bruxo das trevas a tentar roubar a Pedra Filosofal, importante artefato que, em mãos erradas, poderia trazer novamente os tempos negros para o mundo.  A partir disto, sua primeira grande “missão” é conseguir juntar e compreender as informações que vão chegando a ele de forma fragmentada e descobrir uma forma de derrotar o vilão, impedindo-o de ficar com a pedra, o que, sem dúvidas, envolve muita aventura, grandes perigos e muita demonstração de coragem e amizade.
Harry Potter e a Pedra Filosofal, assim como todos os outros livros, possui um filme que foi lançado no ano de 2001, interpretado por Daniel Radcliffe (Harry Potter), Emma Watson (Hermione Granger) e Rupert Grint (Rony Weasley).
*Trouxas – pessoas que não possuem poderes mágicos.
Brenda Sousa
21 anos. Baiana. Blogueira, leitora viciada, apaixonada por séries de TV. Graduanda em Fonoaudiologia. Criadora do @PostandoTrechos
0 Comentários | BLOGGER
Comentários | FACEBOOK

0 comentários:

Postar um comentário

 
© Postando Trechos, VERSION: 02 - Dentro do céu - Agosto/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo