Resenha - Cada menina tem sua história

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015
Título: Cada menina tem sua história.
Autor (a): Renata Sarmento.
Número de páginas: 71.
Editora: Viva Editora.



Por: Brenda Sousa


"Cada menina tem sua história" é um livro de contos. Conforme o título, ele traz as histórias de Mel, Paola, Maria Madalena, Vitória, Renata e Isabel separadamente. 

Mel é filha de um casal de caseiros que trabalham para a família de Clara e Pedrinho, filhos de João Pedro e Maria Eugênia, numa fazenda. Clara é a filha mais velha do casal e desde o nascimento do seu irmão fora muito carinhosa com ele, nunca demonstrando ciúmes. Mel e seus pais chegaram à fazenda quando Clara e Pedrinho eram crianças e a presença de uma nova garotinha recebendo a atenção de todos deixa Clara com ciúmes. Conforme vão crescendo, Mel se aproxima mais e mais de Pedrinho e os ciúmes de Clara começam a tomar-lhe por inteiro. 

Paola é uma garota nascida na rua Três Corações, cujos padrinhos Maurício e Lílian são os grandes amigos de seus pais. Juntamente com outras crianças que nasceram mais ou menos na mesma época, Paola agita sua pacata rua. As crianças vivem brincando, convivendo umas com as outras dentro de suas casas, dormindo umas nas casas das outras e compartilhando suas brincadeiras e jogos. Certo dia, um casal rico e misterioso, com dois filhos chega e se instala na mesma rua, e os meninos aproximam-se da turma e tornam-se os mais novos amigos. Um certo suspense gira na rua em relação à quem são as novas pessoas, porque desaparecem por semanas e de repente voltam cheios de presentes e artigos caros? Em meio a isso, duas novas casas começam a ser construídas na rua, pedreiros desconhecidos começam a circular no lugar e, no meio de tudo isso, Paola perde sua pulseira numa visita a uma das casas em construção. E por causa desta pulseira, o mistério da história é descoberto. 

Maria Madalena é filha de um casal de religiosos, sendo seu pai um pastor. É uma menina muito certinha, comportada, com boa educação e bons modos. Ela e seus pais moram no morro da bandeira, localizado entre o morro do Limão e o complexo brasileiro, locais perigosos controlados por homens do tráfico. Sua mãe trabalha realizando faxinas na região e, certo dia, chega em casa avisando que fizera uma faxina na casa do chefão do tráfico. A família ficara devendo-lhe dinheiro e o filho do criminoso, apelidado de Faísca, passaria na sua casa mais tarde para levar a quantia. Quando Faísca toca a campainha e conhece Maria Madalena, fica encantado pela moça e decide que dali em diante buscará uma moça "direita"para casar; essa moça seria Maria Madalena. O fato é que Maria Madalena já estava noiva de um rapaz cheio de sonhos e que lutava por um futuro melhor. A pergunta que se forma na nossa cabeça nesse momento é: "Como Faísca, filho do maior criminoso da região, conseguirá conquistar Maria Madalena? Qual dos dois vai migrar para o mundo do outro?". 

A história de Vitória é um pouco diferente. Para não dar muitos detalhes, a garotinha só aparece no final de seu capítulo, e seu nome é referência ao "ato heróico" de seu pai no fim da história. A pequena Vitória fora fruto de uma gravidez indesejada pela mãe, porém muito esperada pelo pai, e todo o desenrolar da história gira em torno da divergência de opiniões dos pais de Vitória quanto à gravidez e ao nascimento da menina.

Renata aparece no desfecho da sua história e dar muitos detalhes pode, também, destruir a emoção deste conto. O que se pode dizer é que a história trata de George, um rapaz cuja esposa e filha morreram, e que, devido a isso, hoje tem problemas de relacionamento e não deseja se casar nem ter filhos nunca mais. Neste quadro, Soraya, moça que o conhecera no hospital no dia da morte de sua esposa e filha, insiste em manter um relacionamento com ele, sem brigas e discussões. O grande mistério do conto é uma espécie depósito que fica escondido nos fundos da casa de George e Soraya, no qual George faz todas as suas refeições e não permite nenhum tipo de visita.

Isabel é filha de uma empregada que trabalha para a família de Marcondes. Ela e sua mãe são mulatas e a garotinha tem apenas 10 anos de idade. Marcondes é um adolescente que acabara de prestar vestibular para Direito e está curtindo o verão com os amigos na casa de veraneio, sem os pais. Certo dia, os garotos saem para se divertir, vão para a praia, dão uma esticada na casa de amigas e voltam para casa bêbados. A relação deste acontecimento com Isabel é algo que só pode ser descrito no livro, porque é o grande e revoltante desfecho da história.

Devo dizer: não gosto muito de livros de contos. Não sabia que "Cada menina tem sua história" trazia vários contos e comecei a ler empolgada, pois ganhei o livro com uma dedicatória linda da autora que me encheu de carinho pela história mesmo antes das primeiras linhas lidas. Quando comecei a ler, fiz uma ideia totalmente diferente do que se tratava o livro. Porém, ao fim do primeiro conto, senti uma extrema necessidade de continuar e ler os próximos. Fato: Terminei o livro em uma 
tarde. 

É um livro curto, e os contos conseguem prender a nossa atenção. Depois do primeiro conto, quando você percebe do que se trata o livro, você só quer ler mais e mais e descobrir qual será o desfecho da história de cada menina. Tentei não dar muitos detalhes nem dicas do que acontece no final de cada conto, pois acho que ler o livro no suspense é muito mais divertido. Foi um dos poucos livros de conto pelo qual eu me apaixonei e não larguei. Os finais são surpreendentes e revoltantes, em alguns casos. Em algumas horas é possível terminar e ainda ter aquela sensação de "quero mais". Leiam e descubram como termina a história de cada uma das meninas. Vale muito a pena! 




PS. Muito obrigada, mais uma vez, ao ig @umjovemleitor e à autora linda, Renata Sarmento, pelo presente e pela dedicatória. Parabéns pelo livro e espero que outras pessoas possam ter a mesma emoção que eu tive ao lê-lo.
Brenda Sousa
21 anos. Baiana. Blogueira, leitora viciada, apaixonada por séries de TV. Graduanda em Fonoaudiologia. Criadora do @PostandoTrechos
0 Comentários | BLOGGER
Comentários | FACEBOOK

0 comentários:

Postar um comentário

 
© Postando Trechos, VERSION: 02 - Dentro do céu - Agosto/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo