Resenha - O anjo de Hitler

quinta-feira, 8 de janeiro de 2015
Por: Denise Miranda

Tenho muito gosto por livros que possuem como pano de fundo fatos históricos, principalmente sobre a Segunda Guerra Mundial. Acredito que aprender seja mais prazeroso quando temos um fio condutor que nos encanta ao longo das páginas.

O inglês William Osborne é o autor de “O anjo de Hitler”, uma obra localizada entre os anos de 1940 e 1941, que narra uma complicada e perigosa missão que foi dada a dois adolescentes que estão refugiados na Inglaterra no período da guerra: um menino de família comunista, e uma menina judia.

Em um dia comum, nossos protagonistas, Leni e Otto, recebem a visita de MacPherson, um agente inglês que foi incumbido de selecionar duas pessoas para fazerem o resgate de uma menina que está em território alemão. A criança de nove anos pode ser a única arma restante capaz de parar Adolf Hitler. 

Sem saber quem o outro realmente é, pois devem assumir novas identidades, Leni e Otto vão para a Alemanha em busca de Angelika, que vive isolada desde os cinco anos em um convento beneditino na ilha de Fraueninsel. Depois de resgatarem-na, começa uma grande corrida para que os três possam voltar a salvos ao destino final.  

Induzida por uma mentira, Angelika acredita que encontrará seus pais, pessoas que nunca conheceu, porém Leni e Otto estão cada vez mais convictos da importância da criança e de que talvez levá-la ao governo inglês não seja o ideal. Em meio a muitos sustos, tiros e agentes alemãs de Hitler caçando-os, os três criam um elo sentimental inesperado que pode mudar o rumo da missão.

Brenda Sousa
21 anos. Baiana. Blogueira, leitora viciada, apaixonada por séries de TV. Graduanda em Fonoaudiologia. Criadora do @PostandoTrechos
0 Comentários | BLOGGER
Comentários | FACEBOOK

0 comentários:

Postar um comentário

 
© Postando Trechos, VERSION: 02 - Dentro do céu - Agosto/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo