Sobre: As crônicas de Nárnia

sexta-feira, 3 de abril de 2015
Olá, leitores!!

Alguém de vocês já teve a oportunidade/coragem de engajar a leitura do volume único de "As crônicas de Nárnia"? Vivi essa experiência em pouco mais de uma semana no mês de Fevereiro e estou aqui para contar para vocês um pouquinho das emoções que tive do início ao fim do livro.


Eu já tinha assistido o primeiro filme completo ("O leão, a feiticeira e o guarda-roupa), e sempre gostei bastante. Os filmes seguintes (Príncipe Caspian e A viagem de peregrino da alvorada) eu não lembro muito bem e ainda pretendo rever todos por completo. Com todos os filmes, Nárnia sempre foi uma paixão escondida minha e sempre tive vontade de ler o volume único, porém suas 739 páginas me assustavam um pouco. Finalmente durante as minhas férias tomei coragem e, repito quantas vezes forem necessárias, não me arrependo nem por um segundo! 

A história de Nárnia está dividida em 7 livros, que são, na ordem: 

1. O sobrinho do mago.
2. O leão, a feiticeira e o guarda-roupa.
3. O menino e seu cavalo.
4. Príncipe Caspian.
5. A viagem do peregrino da Alvorada.
6. A cadeira de prata.
7. A última batalha.


Por esta ordem é possível perceber que, até então, dois livros foram pulados da sequência cinematográfica, que são o primeiro e o terceiro. Eu fiquei deslumbrada com o primeiro livro, pois aí temos o surgimento de Nárnia, as primeiras aventuras bem simples e a explicação para o surgimento do tal famoso guarda-roupa. Gostei muito de conhecer os primórdios da história de "O leão, a feiticeira e o guarda-roupa". 

Apesar de ter gostado muito do primeiro e de todos os outros livros, o segundo continua sendo o meu maior xodó. É o livro em que conhecemos Susana, Lúcia, Pedro e Edmundo e onde realmente se iniciam as grande aventuras em Nárnia. Adoro a Lúcia desde a primeira vez que vi o filme e a minha imagem sobre ela continuou a mesma. Em "O cavalo e seu menino", os quatro ainda estão presentes, porém em "Príncipe Caspian", Pedro e Susana não podem mais retornar à Nárnia, pois estão se tornando "velhos demais" para visitar a região, conforme as palavras do grande "soberano" de Nárnia, o leão, Aslam. O mesmo acontece com Lúcia e Edmundo depois da segunda vez que eles vão a Nárnia e, assim, a continuidade das aventuras se dá através de Eustáquio, primo dos Pevensie (Lúcia, Susana, Edmundo e Pedro), que visita Nárnia com Lúcia e Edmundo em "A viagem do peregrino da Alvorada". Já em "A cadeira de prata" Eustáquio leva uma colega sua, Jill. 


Independente de quem são os filhos de Adão ou as filhas de Eva (forma como os narnianos chamam os seres humanos deste mundo), as aventuras em Nárnia são sempre cheias de tensão e conseguiram prender a minha atenção. De fato Lewis sabe como escrever histórias de fantasia muito bem, a ponto de nos fazer apaixonar por este mundo tão incrível que é Nárnia.

Sobre o final? Obviamente não vou liberar nenhum spoiler por aqui, mas ao mesmo tempo que fiquei feliz e realizada por, finalmente, conhecer toda a história de Nárnia, me assustei com os dois últimos parágrafos, a ponto de me arrepiar e ler algumas vezes antes de fechar o livro (talvez por pena, quem sabe, hahahaha). 


Sem dúvidas "As crônicas de Nárnia", com seus sete livros, se tornou um dos melhores livros que já li na vida, uma das minhas histórias preferidas. A driagramação do volume único não é tão favorável à leitura, mas ainda assim as letras passam rapidamente pelos nossos olhos conforme vamos lendo cada história. É um livro também bastante pesado, o que pode dificultar a leitura para aqueles que gostam de ler for de casa, afinal, não é fácil andar com esse peso numa bolsa ou mochila. 

Se me pedem uma opinião sincera, respondo que vale a pena encarar as 739 páginas, porque são páginas e mais páginas de aventura, emoção e diversão. Durante todo o livro temos, ainda, referências sobre mitologia grega, cultura cristã e, segundo alguns afirmam, assuntos polêmicos por trás de pequenos trechos dos livros. Cabe a cada leitor interpretar as entrelinhas e compreender como desejar certos acontecimentos. Se está pensando em ler, crie coragem e mergulhe neste universo. Sinta o gostinho de ser, por alguns dias, um narniano orgulhoso. Se apaixonem!
Brenda Sousa
21 anos. Baiana. Blogueira, leitora viciada, apaixonada por séries de TV. Graduanda em Fonoaudiologia. Criadora do @PostandoTrechos
0 Comentários | BLOGGER
Comentários | FACEBOOK

0 comentários:

Postar um comentário

 
© Postando Trechos, VERSION: 02 - Dentro do céu - Agosto/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo