Resenha - Corrente Sanguínea

sábado, 27 de junho de 2015
Título: Corrente Sanguínea.
Autor(a): Tess Gerritsen.
Número de páginas: 415.
Editora: Record.


Por: Brenda Sousa

"Quando a violência ocorre, Claire, faz parte da natureza humana perguntar o porquê. Mas a verdade é que nem sempre sabemos por que as pessoas matam umas às outras." 
 Corrente sanguínea, Tess Gerristsen.

Claire Elliot é uma médica bem sucedida que a 8 meses mora na pequena cidade de Tranquility com seu filho Noah de 14 anos. Se mudaram para a cidade em busca de um novo começo, logo após a morte do marido e pai em questão. Noah sempre fora contra a mudança, porém não havia muito que pudesse dizer, uma vez que algumas de suas ações na cidade anterior foram responsáveis pela mudança drástica na vida dos dois. Dentro desses 8 meses, Claire busca ser tão bem sucedida quanto fora na cidade em que morava, mas até então as pessoas parecem não se importar muito com a presença dela, e até preferem ir na cidade vizinha visitar seus médicos. A justificativa dos habitantes de Tranquility é que novatos na cidade geralmente não resistem aos fortes invernos da região e acabam desistindo de morar lá, então, porque criar uma relação com um médico quando se suspeita que ele não vai estar lá por tanto tempo, certo? 

O caos na cidade começa quando um adolescente, da turma de Noah, conturbado aparentemente  devivdo à separação dos pais, se irrita na sala de aula e retira uma arma da mochila. O garoto era o melhor amigo de Noah, e já a algum tempo vinha agindo de forma raivosa, diferente do seu normal. O garoto atira na professora e se volta para atirar nos colegas. Noah treme de desespero, mas ao ver seu ex-melhor amigo mirar a arma em Amelia, a garota pela qual Noah estava apaixonado, ele age e acaba retirando a arma da mão do amigo, num ato heróico reconhecido por toda a escola. Desde esse acontecimento, outras ações de adolescentes raivosos são desencadeadas pela cidade e não se sabe ao certo qual a explicação para isso. 

Todos os adolescentes em questão costumavam ser garotos doces e tranquilos, mas passaram a ter ações drásticas uns contra os outros, e mesmo contra os adultos, diante de situações muito simples. Estes fatos lembram aos habitantes mais antigos de Tranquility algo que já aconteceu em 1946 e os deixa apavorados. Assim, com a frequente recorrência de casos com adolescentes raivosos, Claire e o chefe de polícia Lincoln Kelly passam a tentar descobrir uma possível razão, seja médica ou não, para resolver este problema. Além do que, o interesse de Claire passa a ser muito maior depois que ela percebe características semelhantes se desenvolvendo no seu próprio filho. Conforme a busca e os acontecimentos avançam no livro, Lincoln e Claire se aproximam e criam aí uma atmosfera um pouco mais light dentro do thriller de Tess Gerritsen.


O livro é extremamente desesperador! A leitura se dá de forma rápida e conforme os capítulos vão se passando, a vontade que dá é de devorar o livro inteiro de uma vez. É um suspense policial cheio de reviravoltas, cheio de suspeitas que vão se quebrando e nos deixando desesperados juntos com os personagens. Para quem gosta de ter o coração indo até a boca até o último capítulo, fica aqui a dica para a leitura de "Corrente Sanguínea".
Brenda Sousa
21 anos. Baiana. Blogueira, leitora viciada, apaixonada por séries de TV. Graduanda em Fonoaudiologia. Criadora do @PostandoTrechos
0 Comentários | BLOGGER
Comentários | FACEBOOK

0 comentários:

Postar um comentário

 
© Postando Trechos, VERSION: 02 - Dentro do céu - Agosto/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo