Resenha - Feita de fumaça e osso

quarta-feira, 1 de julho de 2015
Título: Feita de fumaça e osso
Autor(a): Laini Taylor.
Número de páginas: 380.
Editora: Intrínseca.


Por: Brenda Sousa.

"Desejos são falsos. A esperança é verdadeira. A esperança faz sua própria magia." 
Feita de fumaça e osso, Laini Taylor. 


Karou é uma garota de cabelo azul e com tatuagens nas palmas das mãos (hamsás) que leva uma vida nada convencional desde a sua infância. Fora criada por quatro seres digamos... muito diferentes dela, num lugar estranho e escondido do mundo todo, ao qual só tem acesso através de um portal, aberto por alguém de dentro. Desde pequena Karou convive com Brimstone, Issa, Twiga e Yasri, está acostumada a rodar o mundo através de portais cumprindo missões em busca de dentes a pedido de Brimstone e, oficialmente, vive em Praga, onde estuda numa escola de arte com sua melhor amiga Zuzana e é constantemente perseguida pelo seu ex namorado Kazimir - Kaz, para os íntimos. Karou é uma excelente desenhista e desde sempre coleciona inúmeros cadernos de desenho cheio de criaturas do seu mundo diferente do mundo real. Neles estão representados inúmeros seres que Karou já teve a oportunidade de encontrar em suas missões, e são estes cadernos algumas de suas maiores riquezas. Zuzana não entende os inúmeros sumissos de Karou, nem o porque de ela voltar muitas vezes destruída e se recusa a acreditar nas histórias "fantasiosas" contada por sua amiga, por mais verdadeiras que elas sejam. 

Karou nunca soube das suas origens e Brimstone nunca fez questão de esclarecê-las para ela, assim como nunca lhe explicou o motivo de fazê-la rodar o mundo em busca de dentes de todas as espécies possíveis. No meio disso tudo há magia envolvida e Karou só pe permitida a lidar com as de menor magnitude. Ela possui alguns scuppies que lhe permitem desejar e alcançar apenas pequenos feitos, como fazer alguém (leia-se Kazimir) se coçar até não aguentar mais, ou como ter um cabelo azul, mas jamais voar, que é uma de suas grandes vontades. Um scuppy é o elemento mais simples da escala de desejos, formada por, em ordem crescente: scuppy, shing, lucknow, gavriel e bruxis. Por razões desconhecidas (ou não, já que ela faz tantos pedidos bestas com seus scuppies) Brimstone não lhe permite se meter com coisas mais fortes. 

Por trás de tudo o que Karou não sabe, uma guerra acontece a mais de Mil anos entre Quimeras e Serafins (demônios e anjos) pelo controle do mundo deles. Desde o início da história, os inúmeros portais pelos quais Karou tem acesso nas suas missões vem sendo marcados com queimaduras de mão ao redor do mundo, sem que se saiba porque, até então. 

Numa de suas viagens, desta vez à Marrakech, Karou se depara com um ser extremamente atrativo, de uma beleza incomparável, no meio de uma confusão com um do negociantes de Brimstone, Izîl. Esta é a primeira vez que nos deparamos com Akiva, um serafim. Uma eletricidade inexplicável surge entre os dois, mesmo sabendo que são, de alguma forma, inimigos. Uma batalha é travada entre os dois, mas nenhum deles consegue dar um fim definitivo à existência do outro. Algo captado em olhares no meio da batalha e uma queimadura feita pelos hamsás de Karou em Akiva faz com que a luta se interrompa e que eles percebam algo diferente acontecendo entre eles.

O fato é: Akiva é um serafim e Karou fora criada por Quimeras. Akiva e seus companheiros são responsáveis por marcar os portais que serão em breve destruídos ao redor do mundo.  Os caminhos de Karou e Akiva vão se encontrar algumas outras vezes, um sentimento perigoso e errado vai crescer e as histórias sobre o passado de Karou, de seu povo e dos serafins vão sendo reveladas no decorrer da história, nos deixando de boca aberta e com aquela vontade incessante de devorar o livro de uma só vez!

     Ganhei o terceiro livro desta série na 4ª Turnê Intrínseca e comprei os dois primeiros para acompanhar tudo da forma correta. Me descobri contagiada pela história desde o princípio, talvez porque a autora não nos entregue tudo de cara logo no começo, muito pelo contrário, ela nos conquista a cada ponto solto revelado que no final vai se fechar e criar uma história muito bem bolada e empolgante. Para além do seus longos cabelos rosa, Laini Taylor conseguiu me conquistar. Se desejam ler o livro, arrumem tempo para lê-lo de uma só vez! É impossível parar! 

Brenda Sousa
21 anos. Baiana. Blogueira, leitora viciada, apaixonada por séries de TV. Graduanda em Fonoaudiologia. Criadora do @PostandoTrechos
0 Comentários | BLOGGER
Comentários | FACEBOOK

0 comentários:

Postar um comentário

 
© Postando Trechos, VERSION: 02 - Dentro do céu - Agosto/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo