Resenha - Inverno negro

domingo, 15 de maio de 2016
Título: Inverno negro
Autor(a): Stefano Sant'anna
Número de páginas: 338
Editora: Empíreo


Por: Brenda Sousa

"Desde criança descobri que as pessoas te desprezam por não conseguirem te atingir." 
 Inverno negro, Stefano Sant'anna

Leonan Alburquerque tem 15 anos, está no Ensino Médio e é totalmente desprezado por sua mãe, Lydia, desde a infância. A única notícia de seu pai que ele tem é que este foi morto em um acidente de caminhão. Assim foi a vida pacata e entediante de Leonan até o dia que ele tem um ataque epilético na escola e uma enorme confusão se inicia. Sua mãe, que sempre foi uma dona de casa séria e irritada, aparece montada numa moto, com uma roupa totalmente radical, lhe dizendo que caçadores estão atrás deles e que precisam ir para casa, o único lugar seguro no momento. 


O garoto, obviamente, está completamente perdido, de perguntando porque raios alguém estaria atrás de uma pessoa como ele? Então sua vida começa a virar de cabeça para baixo. Mesmo em casa, um caçador consegue alcançá-los. No meio do tumulto, Lydia conta que não é mãe dele e que, na verdade, o sequestrou de sua verdadeira família. Ela lhe entrega um bracelete, que se fixa ao seu braço, sem poder ser retirado. E a última coisa que Leonan se lembra é de ter simplesmente apagado. 

Ao acordar, ele está em um lugar totalmente diferente de sua casa. Leonan cai na Sociedade Ungrol e acaba chegando em uma festa. Lá ele conhece Samyra e Pittson e explica a sua situação. É com a sua fala que os recém conhecidos, que são irmãos, percebem que Leonan é, na verdade, o príncipe perdido de Starlândia. O príncipe da profecia que veio para salvar todos. 

"- A hora está chegando. E quando chegar, você só precisará ser você mesmo. Não existe um manual de sobrevivência. Existe você sendo você, com as experiências que já provou e as habilidade que conquistou. Com o poder que só você tem." 
Inverno negro - Stefano Sant'anna

Tróvis foi o responsável por lançar a maldição do Inverno Negro, a fim de acabar com todos os reinos do império Agnithi Vergo, especialmente Starlândia, terra original de Leonan. Seu grande objetivo? Ter todo o poder deste mundo só para ele. Pouco depois da chegada do garoto, o Inverno Negro se instalou, com farpas negras perabulando pelos reinos, machucando e acabando com a vida de inúmeros seres. Essa é a maldição que enfraquece os agnianos e fortalece todos os Trovistas, aumentando a chance de vitória dos cavaleiros das sombras sobre todos os outros. 


Leonan tem nas mãos uma grande missão: encontrar seu pai e sua irmã, ambos desaparecidos, encontrar a Pedra do Sol e acabar com o grande mandante desta maldição que tem espalhado desgraça por todo o império. Para isso, Leonan terá que atravessar cenários macabros e encarar criaturas dos mais diversos tipos. Mesmo com o bracelete que faz com que ele seja capaz de controlar todos os poderes do éter (mente, água, vento, terra e fogo), a questão é, será que esse poder será suficiente? Será que ele poderá mesmo confiar naqueles que estão ao seu redor para ajudá-lo com isso? 

Em "Inverno Negro" temos uma aventura que nos deixa sem fôlego. Desde o momento que conheci Leonan fiquei imaginando como um garoto tão frágil seria capaz de cumprir um objetivo tão ousado e desafiador como o que cai em suas mãos, mas durante a história vamos descobrindo que os poderes que o envolvem juntamente como seu bracelete são muito maiores do que se pode imaginar. No começo da história somos avisados: "Não confie em ninguém", e durante todo o livro eu busquei indícios de quem poderia estragar tudo. Até imaginei algumas opções, mas o final me deixou revoltada com certo personagem, o que foi um ponto positivo, pois acredito que o autor conseguiu criar a história de forma muito coerente e não óbvia. 


Eu adoro fantasia e esse entrou para a minha lista de ótimos livros do gênero. Eu gostei de como o enredo foi guiado, sem enrolações, porém também sem nos entregar tudo de bandeja. Curti muito os personagens, especialmente Samyra e Pittson, os irmãos Meydym. Outros dois pontos positivos foram: o mapa do reino por inteiro e os dados explicadinhos no final do livro. Ambos ajudaram bastante para que em alguns momentos eu não me perdesse, aliás, muito pelo contrário, soubesse muito bem onde eu estava. 

Por fim, depois de tanto falar, indico a leitura para aqueles que gostam de fantasias bem guiadas, com personagens fortes e com um mundo desconhecido onde tudo nos fornece perigo.
Brenda Sousa
21 anos. Baiana. Blogueira, leitora viciada, apaixonada por séries de TV. Graduanda em Fonoaudiologia. Criadora do @PostandoTrechos
14 Comentários | BLOGGER
Comentários | FACEBOOK

14 comentários:

  1. Que capa maravilhosa!
    Adorei a premissa do livro, já coloquei na lista.
    Bj


    IG: @saymybook
    www.saymybook.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Incrível, né? Gostei muito da capa também!
      Obaaa, que bom.

      Beijos

      Excluir
  2. Que livro incrivel! Estava justamente procurando um livro diferente do que ando lendo nos ultimos tempos.
    Xoxo
    http://ja-ta-crescida.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito feliz que tenha curtido!! :D

      Beijos

      Excluir
  3. Parece ser um livro bem legal, meio que no estilo de: "Instrumentos mortais" né?
    Vou procurar ler!!
    Beijos
    www.somosvisiveiseinfinitos.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mais ou menos. Eu gostei mais desse, sabia? Li os dois primeiros de "Instrumentos mortais", gostei bastante, mas me prendi mais a esse. Espero que consiga ler e curta!

      Beeeeijos!

      Excluir
  4. Oi! Tudo bem?
    Achei a premissa bem clichê, pra dizer a verdade, mas quem não gosta de um clichê de vez em quando não é mesmo? Adorei a capa e pretendo ler em breve! Por algum motivo me lembrou muito o livro Conexão Magia, conhece?
    Abraços!
    Gislaine | Paraíso da Leitura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahaha Eu não achei não, mas pra quem entende assim, de vez em quando eles também valem a pena. :D
      Não, não conheço... =/

      Beijos

      Excluir
  5. A capa é linda! Fiquei super tentada a ler *-*

    Beijokas da Mylloka :*
    https://myllokasecret.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Linda mesmo! Fico feliz que tenha curtido!!

      Beijos

      Excluir
  6. Eu particularmente não encontrei muito de novo nessa estória, o que me deixou um pouco chateado... conheço o autor e adoro os seus vídeos no YouTube, bem por isso, aliado a capa maravilhosa, senti uma extrema vontade de adquirir o livro, mas lendo essa resenha, acabei desanimado... bom, espero realmente que o livro fuja dos clichês expostos em sua sinopse, pois, pelo o que bem entendi, essa estória mistura diversas outras ja existentes e tem como pano de fundo uma versão contemporânea de Cronicas de Nárnia... espero sinceramenre quebrar a cara quando ler, pois além de adorar o autor, estou um pouco saturado do mais no mesmo, na fantasia nacional...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo. Eu não achei parecido com Nárnia não, e nem achei esse cliché todo, mas aí só você lendo mesmo para chegar às suas conclusões. hahaha :D

      Excluir

 
© Postando Trechos, VERSION: 02 - Dentro do céu - Agosto/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo