Resenha – Aonde quer que eu vá

terça-feira, 7 de junho de 2016
Título: Aonde quer que eu vá
Autor(a): Beatriz Cortes
Número de páginas: 318
Editora: Novo Século


Por: Brenda Sousa

"- É inacreditável como as coisas acontecem quando a gente menos espera."
Aonde quer que eu vá, Beatriz Cortes

Ester tem 20 anos de idade e é uma atleta de ginástica olímpica apaixonadíssima pelo esporte. No momento, está se preparando para realizar seu grande sonho: competir nas olímpiadas de Sydney em 2000. Os treinos estão intensos, várias horas por dia, sem tempo nem para respirar ou se alimentar direito e ainda tendo que ouvir gritos e ofensas de Alexandra, sua treinadora.  Mas ela compreende, é pressão por todos os lados e nem ela nem suas amigas, Gabi e Isabela, podem decepcionar um país inteiro.

A reviravolta começa a acontecer quando Gabi sofre um acidente grave no meio do treino e está fora da competição. A escolhida para substitui-la é Ester, que agora compete na trave e no solo, no lugar da amiga. Ainda mais pressão, ainda mais ansiedade, ainda mais medo. Tudo isso aliado ao fato de seus pais não poderem mais acompanha-la na viagem, deixando-a ir sozinha, com a Confederação Brasileira de Ginástica para o outro lado do mundo, na Austrália. 


Ester vai com Isabela e a mãe, juntamente com toda a equipe. Ela está completamente focada e nervosa pela grande competição, mas certa noite Isabela consegue convencê-la a ir a uma festa que ocorreria na vila olímpica, apenas para atletas. Um baile de máscaras. Ester se recusa, com medo de Alexandra descobrir e acabar com elas, já que tinham treino na manhã seguinte, às 9h. No fim das contas, Ester acaba sendo convencida pela amiga. Elas compram suas máscaras e na tão esperada noite dão um jeito de chegar ao salão.

Ester se surpreende com a magnitude da beleza do local e com a diversidade de pessoas de todo canto do mundo. Isabela logo arranja um companheiro para dançar, deixando a amiga sozinha numa mesa. Nesse momento, Ester cruza os olhares com um rapaz no outro canto do salão. Seu coração acelera e nem ela nem ele entendem bem o que está acontecendo. Ele se aproxima dela, derrubando um garçom no meio do caminho, e eles começam a conversar e se conhecer. Se afastam um pouco da confusão e vão para um local mais isolado. Acabam dançando juntos a primeira música brasileira tocada na noite: “Aonde quer que eu vá”, Paralamas do Sucesso. Fica tarde e Ester tenta voltar para o quarto, porém acaba precisando fugir de Alexandra e se esconde no quarto de Bruno, onde acaba passando a noite, apenas dormindo, sem mais acontecimentos. Na manhã seguinte, Ester vai para o seu quarto antes de Bruno acordar. Aquela seria a última vez que eles se veriam antes do fim das olímpiadas. Um acontecimento incrível, que não se repetiria tão cedo. 

Ester faz sua parte nas competições. Perde na trave na semifinal e é classificada para a final no solo. Os treinos se intensificam e a pressão de sua treinadora ainda mais. Isabela também é eliminada e, de repente, Ester é a única esperança da equipe de ginástica para levar uma medalha de ouro ao Brasil. Ester ama o que faz, mas começa a se sentir cada vez mais mal, física e emocionalmente. A final chega, tudo se torna um borrão na sua mente com certos acontecimentos, e Ester para novamente no Brasil. Bruno já estava de volta, e a saudade era intensa demais para ambos. Mas será que, com tudo que aconteceu nas olímpiadas, eles vão conseguir se reencontrar algum dia, por mais que morem no mesmo estado? Será que Ester algum dia vai realizar seu grande sonho de trazer a medalha olímpica ao Brasil?

"E o que é lindamente engraçado é que existem milhares de histórias de amor espalhadas por aí. E a verdade é que sempre existe espaço para mais uma." 
Aonde quer que eu vá, Beatriz Cortes

Gente! Esse livro me surpreendeu de uma forma positiva. Quando tento explicar do que se trata, logo nos parágrafos acima, eu tento e sei que não sou totalmente capaz de lhes fazer entender que o mais mágico do livro não é exatamente o romance de Ester e Bruno, mas sim a relação que a ginástica tem com tudo isso. De fato, o romance deles, a histórias dos outros personagens, e cada acontecimento desesperador na história são de nos fazer devorar e entender o que realmente será o desfecho da história, e foi o que eu fiz, sai da página 150 para a 318 em apenas uma tarde, porque eu PRECISAVA.


Um aviso: tenha um estoque de lágrimas preparado e um pacote de lencinhos de papel por perto. Eu não falo apenas em choro por tragédias ou algo do tipo, mas por momentos incrivelmente emocionantes descritos pela autora, desde os lindos cenários, até as palavras maravilhosas de vários dos personagens em diferentes momentos da história, com relação ao amor, amizade, família e esporte.

Eu gostei muito do livro como um todo, porque ele trouxa uma realidade por trás dos eventos esportivos mundiais, que são uma paixão particular minha, e soube muito bem balancear isso com um romance e acontecimentos reais, sem deixar que se tornasse extremamente meloso ou enjoado demais. Cada ponto foi distribuído na medida certa e eu fiquei MUITO surpresa com algumas coisas que aconteceram. E mais pro final do livro, uma descrição da cerimônia de abertura da Olimpíada de 2016 (que ainda vem aí) me fez chorar mais uma vez de tão linda que foi. 

"Algumas coisas marcam nossa vida para sempre, e, mesmo que a gente queira muito que elas voltem ao normal, não funciona dessa forma." 
Aonde quer que eu vá, Beatriz Cortes

Beatriz Cortes tem uma forma muito singela e fluida de fazer os acontecimentos passarem na nossa cabeça. As palavras passam e a história parece mas real a cada capítulo. Fico grata de ter sido apresentada aos personagens e suas histórias e eu, sinceramente, adoraria ver o futuro da vida de Ester. Enfim, fica a dica, leitores! Mais uma autora nacional com ótimas e emocionantes palavras para nós chega por aí!







Brenda Sousa
21 anos. Baiana. Blogueira, leitora viciada, apaixonada por séries de TV. Graduanda em Fonoaudiologia. Criadora do @PostandoTrechos
32 Comentários | BLOGGER
Comentários | FACEBOOK

32 comentários:

  1. Olá,
    Se eu chorar, vai ser um dos meus favoritos.
    Faz muito meu estilo e se você se emocionou, me empolga demais!
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkk Adoro gente assim! Eu sou dessas também. A história é lindíssima e esse toque do esporte foi bem diferente para mim. Me surpreendeu bastante. *_*

      Beeeeeijos

      Excluir
  2. Não tem nada a ver, mas lembrou o primeiro livro que li na vida, Aventura no Império do Sol, da coleção Vagalume. Isso fez com que me interessasse ainda mais! Parabéns pela resenha (:
    Gislaine | Paraíso da Leitura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oh, que amoor! *-* Fico feliz que tenha gostado. Obrigada!

      Beeeijos

      Excluir
  3. Que coisa mais liiiiiiiiiiinda! Amei a resenha. Obrigada pelo carinho com meu trabalho <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigadaaaaa! Fico muuuuuito feliz que tenha gostado e agradeço muito também pela confiança! A resenha dos outros chegará em breve também!

      Beeeeeeeeijos <3

      Excluir
  4. Que livro mais lindo!
    Adorei a sinopse, é do jeito que eu gosto de ler.
    Amo histórias assim de romance, que também arrancam algumas lágrimas da gente, que também envolve amizade, determinação, superação "derrota" e vitória.
    Já estou baixando em PDF, irei ler nas minhas férias.
    Beijos. ♥

    Diário da Lady

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um amor de história, muito emocionante em todos os sentidos!! É exatamente isso que temos nesse livro. Vale a pena. Obaaaaa, espero que goste. Depois nos conta o que achou. *_*

      Beeeeijos

      Excluir
  5. Ai, que livro lindo! Já queria ler desde que vi o lançamento, agora quero mais ainda. Gosto de livros emocionantes de uma maneira geral, e esse equilíbrio de romance com outros temas me agrada bastante. Deixa eu preparar meus lencinhos aqui...

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ohhhhh, fico muito feliz que tenha gostado dele. Pois vai lá, procura ele e gruda nos lencinhos, porque o bicho pega. hahahha

      Beeeeeeijos

      Excluir
  6. Oi, Brenda!
    Eu quero ler esse livro por motivos de: Austrália!!!
    Amei sua resenha! Ficou muito linda e deu pra perceber que você realmente se conectou com o livro.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkk Se joooga. Fiquei aqui só sonhando também! Ohh, muito obrigada, Lu! *_*

      Beijooos

      Excluir
  7. Ah que lindo, acho que você conseguiu transmitir muito bem o encanto que sentiu com o livro, me deu vontade de ler também. Acho que esse misto da tensão da vida de ginasta, o romance, os lugares, deve ser muito legal!
    Beijos
    http://www.rabiskos.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito feliz de ter conseguido passar isso. *_* Siim! Ficou incrível essa mistura de realidades.

      Beijooos

      Excluir
  8. Que frase linda na capa!! Já gostei, acho que tive amor à primeira vista rssr! Nossa, sua resenha ficou linda, não tem como não querer ler, né? Já estou pensando nisso haha. Acho que vou chorar também, então já é bom se preparar <3

    Beijos,
    www.leitorasvorazes.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa, que bom que já gostou. hahaha Muuuuito obrigada pelo elogio. Fico feliz que tenha te empolgado! *_* Prepara mesmo, porque olha... hahaha

      Beeeeeijos

      Excluir
  9. QUE FOTOSSS SÃO ESSAS, meu deuso do céu. Quanta delicadeza! ♥
    Amei, amei, amei a resenha. Eu ando muito emotiva ultimamente, então quando vejo um livro que precisa ler com lencinhos do lado, me segura, senão eu compro! hahaha
    Parece ser uma história doce e cativante, melhor ainda ao saber que foi escrita por uma autora nacional. O livro em si também parece ser muito bem trabalhado, uma graça. Que as letras brasileiras sempre prosperem, nos trazendo cada vez mais histórias tão lindas quanto essa! Necessito pra já! <3

    Um beijo!
    Débora
    http://amorlivronico.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ohhhhhh, muuuuuito obrigada!!!! Fiquei muito feliz com o comentário. hahaha *_* Opa, então se joga nesse, porque vai gastar muitos lencinhos. :P Concordo contigo, que nossos autores continuem crescendo e trazendo ótimas leituras. Tenho descoberto muita coisa boa!

      Beeeeijos

      Excluir
  10. Olá,
    Eu li um livro da autora esses dias e gostei bastante da escrita dela. Ela tem uma forma bem singela de escrever mesmo. Esse me interessou bastante por ter como pano de fundo as olimpíadas, que gosto muito. E fiquei na curiosidade para saber o que foi que aconteceu lá na final hehe.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma graça, né? Ohh, fico feliz que tenha se interessado e se joga nele para descobrir! hahaha

      Beeiijooos

      Excluir
  11. deve ser um livro lindo! fiquei curiosa pra ler haha

    Blog Amora Rosa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que ficou curiosa. hahaha Adoro!

      Beijos

      Excluir
  12. Eu já ouvi falar desse livro. E concordo, ele é incrível. A premissa dele super me agrada, mas ainda assim, por enquanto, eu não leria. Enfim, parabéns pela resenha super detalhista. Adorei as fotos do livro!

    Blog Decidindo-se \o/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom saber que te agrada mesmo. *_* E muuuito obrigada pelo elogio à resenha e às fotos, são importantes. <3

      Beijos

      Excluir
  13. Olá,
    Não conhecia o livro, mas adorei conhecer a premissa dele ♥
    Adoro romances e ainda mais se sair umas lágrimas.
    Bjs e uma ótima noite!
    Diário dos Livros
    Siga o Twitter

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Feliz que tenha curtido! Sim sim, ALGUMAS lágrimas. hahahaha

      Beeeeijos

      Excluir
  14. Eu acho que você foi super capaz de me fazer entender a beleza do livro sim! Aliás, estou com a música na cabeça!!! Adoro ginastica olímpica, bem curioso abordarem esse tema!!! E suas fotos estão lindas! Adorei!!!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa, que bom que consegui. *_* EU TAMBÉM! Sempre quis fazer nunca tive oportunidade. hahaha Obrigadaaaa!

      Beeeeijos

      Excluir
  15. Gentes, sempre que vejo essa capa, automaticamente penso que é da Gayle Forman, não sei porquê, haha.
    Pra ser sincera, a trama não me chamou muito minha atenção, mas sim você ter falado como não consegue explicar a forma como ele te tocou, da ginástica, e sei que quando isso acontece é porque o livro é bom MESMO. Então PRECISO ler e tirar minhas próprias conclusões!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkk Adorei. Ohhh, fico muito feliz que tenha conseguido te alcançar com minhas palavras. A sensação foi tão profunda, que fiquei assim. Sim sim, se joga. *_* E espero que possa ler e goste.

      Beeeijos

      Excluir
  16. Ainda não conheço o trabalho da Beatriz, mas sempre vejo muitos comentários positivos. Como gosto muito de eventos esportivos, acho que esse pode despertar muito a minha atenção, mesmo que não seja meu gênero favorito. Mais até do que o outro livro da autora.

    Beijos,
    Ricardo - www.overshockblog.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também não conhecia e fiquei bem impressionada! *_* Fico feliz que tenha curtido.

      Beeeijos

      Excluir

 
© Postando Trechos, VERSION: 02 - Dentro do céu - Agosto/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo