Resenha – Depois de Auschwitz

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017
Título: Depois de Auschwitz
Autora: Eva Schloss
Número de páginas: 304
Editora: Universo dos Livros



Por: Brenda Sousa

“- Mas isso já aconteceu de novo. Está acontecendo em diferentes partes do mundo agora.” 
(Sobre o Holocausto) 
Depois de Auschwitz, Eva Schloss

Quando estamos no Ensino Fundamental, as escolas, em algum momento, nos ensinam nas aulas de História sobre o que foi o Holocausto, acontecimento mundialmente conhecido e ocorrido durante a Segunda Guerra Mundial. Eu era muito nova quando ouvi sobre isso pela primeira vez e nem me dava conta das proporções desse acontecimento e das repercussões dele para a história mundial. Cresci mais um pouco e tive a oportunidade de, finalmente, ler “O diário de Anne Frank”. Foi o primeiro passo para compreender de verdade o que acontecia neste período. E agora acabo de ler “Depois de Auschwitz”.

Esta resenha é um pouco diferente. Geralmente falo um pouco sobre a história antes de dar minhas opiniões, mas não farei isso aqui. Eva Schloss nos traz um retrato verdadeiro sobre o que é ser uma adolescente de 15 anos de idade levada para um campo de concentração, talvez um dos mais conhecidos do mundo, Auschwitz. Os horrores contados pro ela estão muito além do que qualquer livro de história é capaz de retratar. 


Eu não posso, de forma alguma, dizer que esta é uma leitura fluida. E não acho que deva ser. É uma leitura difícil, MUITO difícil. E não falo isso pela forma de escrita de Eva, mas pelo que acontece em cada capítulo. Demorei um tempo maior do que o de costume para ler, porque, de fato, eu precisava me recuperar em alguns momentos. Minha mente funcionava além do normal e eu precisava parar, refletir e absorver as informações, não apenas ler porque preciso ler.

Os últimos capítulos e o final deste livro marcaram a minha vida para sempre, isso eu posso garantir. Não tem como ler as palavras de Eva e não se sentir mexido, responsável pelo futuro que temos por aí. Não tem como ler um questionamento ou uma frase sobre a possibilidade de isto acontecer novamente (quando, na verdade, já acontece e nós sabemos bem disso), fechar o livro e dar uma volta na praia como se fossemos a mesma pessoa de 5 minutos atrás. Eu não sou a mesma pessoa que era quando comecei a ler esse livro. As palavras de Eva mexem com a gente de uma forma inexplicável! Não dá para olhar para a capa deste livro e ter o mesmo sentimento que eu tinha quando o peguei nas mãos pela primeira vez.


Finalmente tomei coragem para lê-lo, e não me arrependo. Até para quem não gosta do tema, eu indico a leitura. Sabe por quê? Porque estamos num mundo que está regredindo cada vez mais em diversos aspectos. O que aconteceu na Segunda Guerra Mundial deveria estar cada vez mais distante de nós em pleno 2017, mas não está. E qualquer pessoa precisa mergulhar nesta história e saber que coisas horríveis acontecem e não podemos cruzar os braços e “esperar o tempo passar”. A leitura é maravilhosa e enriquecedora não só como leitores, mas como cidadãos e, acima de tudo, seres humanos. Fica a dica, para além de “mais um livro bom”. 



Brenda Sousa
21 anos. Baiana. Blogueira, leitora viciada, apaixonada por séries de TV. Graduanda em Fonoaudiologia. Criadora do @PostandoTrechos
3 Comentários | BLOGGER
Comentários | FACEBOOK

3 comentários:

  1. Oi, Brenda!
    Eu gosto muito de livros que tratam sobre a Segunda Guerra, mas acho que nunca li um que se tratasse um pouco depois desse momento da história.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Promoção Quatro Anos de Minhas Escrituras

    ResponderExcluir
  2. Oi Brenda, tudo bem?
    Já vi esse livro mas nunca tive coragem de ler pois sei que vai mexer comigo, e agora lendo sua resenha, minha vontade voltou... realmente estamos num mundo onde tudo está invertido e estamos regredindo ao invés de progredir, também acho que essa leitura é mega importante!
    Beijos
    www.somosvisiveiseinfinitos.com.br
    Vídeo novo: https://www.youtube.com/watch?v=oNLRydumMWs&t=1s

    ResponderExcluir
  3. Realmente, a humanidade está andando p/ trás. Continuamos repetindo os mesmos erros. Essas leituras são difíceis mas nos melhoram como pessoas.

    ResponderExcluir

 
© Postando Trechos, VERSION: 02 - Dentro do céu - Agosto/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo