Resenha – Fazendo meu filme 4

quinta-feira, 11 de janeiro de 2018
Título: Fazendo meu filme 4
Autora: Paula Pimenta
Número de páginas: 606
Editora: Gutenberg



Por: Brenda Sousa

“Todo final feliz deve ser a recompensa de um longo caminho, para que seja merecido.” 
 – Fazendo meu filme 4, Paula Pimenta

Quando somos adolescentes por volta dos nossos 15-18 anos de idade e descobrimos o sentimento de amar alguém de forma tão intensa, parece que tudo no mundo vai dar certo e seremos felizes para sempre, como nas histórias da Disney. Aí as coisas vão acontecendo e a nossa falta de maturidade com as situações da vida nos mostram o contrário. Fani e Leo eram melhores amigos de infância que acabaram se apaixonando perdidamente na adolescência. Assim como muitos outros casos, acabaram deixando que besteiras e ciúmes infantis os separassem e os levassem, literalmente, para mundos bem distantes e diferentes.

Fani sustentou seu sonho de ser cineasta e aproveitou a chance que seu amigo-ex-namorado-pivô da separação com o Leo lhe arranjou em Los Angeles para estudar cinema na Universidade de Columbia. Atualmente, está concorrendo com seu filme em um grande festival de Los Angeles. Leo seguiu a vida no jornalismo e resolveu esquecer aquela etapa da sua vida. Acontece que, por mais que a razão nos diga qual é a atitude mais certa a tomar, o coração insiste em brigar com ela. Ambos passaram os últimos 5 anos se relacionando com pessoas aleatórias sem jamais assumir que não esqueceram um ao outro, mesmo sem se falar depois de tanto tempo, guardando o sentimento em caixas de cartas ou de cds.

Aos 23 anos de cada um, a vida vai lhes pregar uma peça e lhes dar outra grande oportunidade de encontro, ainda que profissional. Aceitar e aproveitar oportunidades são escolhas que fazemos. Será que vale a pena crer que os melhores momentos que tivemos já se foram e não voltam mais, ou tentar corrigir os problemas do passado com maturidade e assumir que na verdade nada mudou é a melhor saída? E os obstáculos no meio disso tudo, o que fazer com eles? Fani e Leo precisam dar um salto de maturidade e saber o que, de fato, esperam do seu futuro. Será que é mesmo possível dar reset em tudo que aconteceu e buscar resolver tudo para que o filme de suas vidas tenha o mesmo final feliz que o filme escrito e dirigido pela Fani? 


De 2016 para 2018. Terminei de ler Fazendo Meu Filme 3 em 2016 e enrolei enquanto pude para ler o volume 4 até tomar coragem. Li o livro em 6 dias, assumindo uma meta de 100 páginas por dia. No fim das contas, sofri muito ao ver que faltavam apenas 100 páginas e eu me despediria definitivamente de Fani e Leo. Que dor no coração! Mas, para falar do livro em si, preciso dizer que, de toda a série, para mim esse foi o melhor volume. A história foi mais consistente, fez valer as 600 páginas escritas pela Paula, em enrolação e com um jeitinho muito peculiar de conquistar a nossa atenção e curiosidade.

Gostei muito da possibilidade de enxergar a história pelos dois lados de forma individual, apesar de ter ficado bem nervosa com a interrupção a versão da Fani para voltar à versão do Leo. Hahaha No geral, gostei até dos novos personagens envolvidos na história e em como eles de fato participaram e não foram apenas coadjuvantes. Amei ver a Fani realizando seu sonho. Dá uma inspiração, uma vontade correr atrás dos nossos também... Só senti que o Leo ainda precisa avançar um pouquinho na questão dos ciúmes, porque ninguém merece homem ciumento, cá para nós. Mas, no geral, acho que ele aprendeu a lição. 


Fiquei apaixonada pelo final. Ainda faltavam 50 páginas quando pensei: “Porque esse livro ainda não acabou mesmo?”, e então vi um final singelo e emocionante do seu jeitinho. Fiquei surpresa com esse desfecho e achei que foi uma forma muito fofa de terminar uma série como esta, de amorzinho, como diria a própria Fani. Acho pouco provável que alguém tenha feito o que eu fiz e interrompido a leitura logo ao chegar no último volume, mas se alguém fez, continuem logo. Não irão se arrepender. FMF 4 está na minha lista de livros de amorzinho favoritos. <3



Brenda Sousa
21 anos. Baiana. Blogueira, leitora viciada, apaixonada por séries de TV. Graduanda em Fonoaudiologia. Criadora do @PostandoTrechos
0 Comentários | BLOGGER
Comentários | FACEBOOK

0 comentários:

Postar um comentário

 
© Postando Trechos, VERSION: 02 - Dentro do céu - Agosto/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo