Um filme Extraordinário para um livro Extraordinário

segunda-feira, 8 de janeiro de 2018


Quando soube que Extraordinário, livro de R. J. Palacio e meu livro favorito da vida, iria se tornar filme, fiquei MUITO apreensiva. De cara fiquei preocupada com a forma que retratariam o rosto do nosso amado Auggie, quem seriam os atores escolhidos, será que a história seria fiel ao livro? Pois bem, quando soube que os pais de Auggie seriam Owen Wilson e Julia Roberts, meu coração pulou de alegria. Dois atores muito competentes e dos quais eu gosto muito, já era um passo importante dado para a boa qualidade do filme. Quando vi o ator escolhido para representar o nosso personagem principal, fiquei imaginando o que fariam com o seu rosto e, quando finalmente vi o acabamento final de sua maquiagem e caracterização, fiquei surpresa, porém esperava mais.

E então, lá vou eu, na última semana de Dezembro de 2017, assistir o tão esperado filme. Ah, eu já tinha chorado no trailer. Imaginem só a lagoa que foi no cinema? Me emocionei logo nas primeiras cenas, pois vi uma atuação muito bonita do garotinho Jacob Tremblay (também responsável por uma atuação fantástica em “O quarto de Jack”), e de fato enxerguei meu Auggie nele. Seu jeitinho de andar, de falar, de mexer o rosto, enfim. Achei tudo muito bonito. Só de vê-lo ali, na tela do cinema, para além da minha imaginação, foi encantador. E eu não acho isso com quase nenhum personagem de livro transferido para os cinemas.

Julia Roberts, Owen Wilson e Izabela Vidovic em seus papeis também foram... encantadores. Vou repetir muito essa palavra por aqui, porque ela resume o que achei deste filme. No decorrer da história, tudo que fiz foi alternar entre gargalhadas e lágrimas desesperadas. Lágrimas que foram do sofrimento intenso à emoção e orgulho pelo nosso querido Auggie. E então percebi que, na época que li o livro pela primeira vez, eu era um outro ser humano. Hoje, principalmente pela minha aproximação da minha atuação profissional na área de saúde, sou um ser humano completamente diferente, e percebi o quanto isso me fez enxergar a história de Auggie de forma diferente, ainda mais incrível. 


Em geral, achei a fotografia do filme linda, uma trilha sonora aconchegante, atores bem escolhidos e com atuação convincente e emocionante, além de boa fidelidade ao livro, apesar de algumas partes que eu achei importantes terem sido modificadas ou deixadas de lado. Acho que, no geral, isso não tirou a magia do filme. O que tem me deixado ainda mais feliz é ver que as salas de cinema estão lotadas. Lotadas de adultos, crianças e idosos conhecendo meu amado Auggie. Quando li o livro, fiz questão de divulga-lo ao mundo. Vê-lo no cinema dá uma alegria imensa, aquece o coração. Ainda mais com tanta gente assistindo, se emocionando, e aprendendo tanto com estes personagens. Ah, e para deixar tudo ainda melhor, a notícia de que a bilheteria de “Extraordinário” superou a de “Star Wars” aqui no Brasil! Sou suspeita para falar, porque adoro os dois, mas acho que Extraordinário tem um papel social de extrema importância, e merece a posição que ocupa no momento.

Por fim, indico o filme para qualquer um. Os que leram e os que não leram. Vale a pena conhecer essa história, mergulhar nela e se apaixonar por Auggie e sua família assim como eu sou DECLARADAMENTE apaixonada. <3 




Brenda Sousa
21 anos. Baiana. Blogueira, leitora viciada, apaixonada por séries de TV. Graduanda em Fonoaudiologia. Criadora do @PostandoTrechos
1 Comentários | BLOGGER
Comentários | FACEBOOK

1 comentários:

  1. A verdade foi um filme extraordinario como você diz! É uma das melhores adaptações cinematográficas, tem uma boa história, atuações maravilhosas e um bom roteiro. O filme superou as minhas expectativas. A verdade eu amei o papel que Jacob Tremblay fez. Acho que este filme é o melhor da sua carreira. Simplesmente amei mais o seu papel desde que eu o vi no trailer, ainda mais do que quando eu vi pela primeira vez no Refém do Medo trailer em 2016. A verdade lembro dos seus papeis iniciais, em comparação com os seus filmes atuais, e vejo muita evolução, mostra personagens com maior seguridade e que enchem de emoções ao expectador. De verdade, adorei a escolha de elenco. Não tem dúvida de que ele foi perfeito para o papel principal.

    ResponderExcluir

 
© Postando Trechos, VERSION: 02 - Dentro do céu - Agosto/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo