Resenha – Pseudônimo Mr. Queen

sábado, 2 de janeiro de 2016
Título: Pseudônimo Mr. Queen
Autor(a): Loraine Pivatto
Número de páginas: 404


Por: Brenda Sousa

“Não há sistema de governo que sobreviva à podridão de caráter de seus administradores. Enquanto as pessoas não pararem de visar interesses pessoais e passarem a olhar para o bem coletivo, que em última instância é a vida humana, nenhuma forma de governo será bem sucedida.”

Pseudônimo Mr. Queen, Loraine Pivatto

Todos vocês devem se lembrar perfeitamente da ameaça de “fim do mundo” que ouvimos em 2012, mais precisamente no dia 21 de Dezembro. Felizmente, no nosso mundo real isso não se cumpriu. Mas, no mundo de Regina, as coisas não foram bem assim. Era o dia do seu aniversário e ela acabara de descobrir que o marido traindo-a com sua amiga e colega de trabalho, Vanessa. Regina utilizou a arma escondida no seu escritório e matou os dois. Neste mesmo dia as coisas mudaram. O mundo no qual Regina passara toda a sua vida até então desapareceu, as pessoas conhecidas também, e as regras novas surgiram.

Estamos num novo mundo, onde se vive até os 70 anos e depois se ganha uma nova chance de vida dos 20 aos 100 anos. Todos que sobreviveram foram escolhidos por algum motivo. Há apenas uma forma de morrer e ninguém foi informado sobre qual é. Pouco se sabe sobre o que restou do mundo, mas logo todos aprendem que as regras não podem ser descumpridas, ou algo acontecerá com quem o fizer. A ideia principal é que todos tenham as mesmas oportunidades e os mesmos bens, controlados pelo governo. As pessoas são classificadas em pontuações segundo seu desenvolvimento em diversas áreas da vida, o que torna a sociedade cada vez mais competitiva e exibicionista. Muitos outros aspectos do novo mundo vão sendo explicados com o passar dos anos e seus moradores vão aprendendo a administrá-los.


Regina chega ao novo mundo e logo reencontra Duda, a filha de Vanessa. A garota está perdida, sem ninguém no mundo. Regina acaba acolhendo a garota e criando-a. A relação entre as duas nunca foi das melhores, afinal o temperamento da garota é muito semelhante ao de sua mãe. Ao completar idade suficiente para sair de casa, em uma das brigas, Regina coloca a garota para fora, encerrando a difícil convivência que tiveram até então. Só se encontraram novamente cerca de um ano depois, quando Maria Eduarda apareceu à sua porta, com a filha, Larissa, nos braços, lhe entregando a menina que não tinha a menor condição de criar. Regina recebeu, então, o seu maior presente, a quem criou como uma verdadeira neta e sempre teve um relacionamento delicioso.

Larissa cresceu e se envolveu numa relação amorosa com Paulinho. O garoto era ciumento e implicante, mas Larissa sempre dava um jeito em tudo. O maior alvo do ciúme era Júnior, amigo dos dois. Certo dia, Júnior tocou para Larissa uma música, com uma letra romântica, a qual acabou chamando de “Mr. Queen”. Paulinho teve ciúmes e se chateou com toda a situação. Para piorar, Júnior já tinha cometido um grande erro em se envolver com sua professora de inglês e acabar indo muito bem numa prova, melhorando suas pontuações, irritando Paulinho, que prometeu denunciar o rapaz. O problema é que depois desse dia Júnior desapareceu. Uma fuga para não ser denunciado? Talvez. Eles só descobririam isso anos mais tarde.


Larissa e Paulinho se tornam adultos e já não estão mais em um relacionamento. Regina chega aos seus 70 anos e precisa partir para a sua segunda vida, sem contato com eles. De repente, Paulinho, em sua empresa, começa a receber músicas de certa pessoa apelidada Mr. Queen. Obviamente, associa-as a Júnior e as publica a fim de atrair o rapaz para que finalmente possa denunciá-lo. O pseudônimo vira um grande sucesso e Júnior continua sem aparecer.

Larissa se casa com Vicente e tem uma filha, Victória. Vicente é um ator talentosíssimo, porém que nunca consegue ter sucesso. Sempre, de uma hora para outra, tudo era cancelado, a data era alterada e seus planos desmoronavam. Certa vez, quando adiaram um filme por 10 anos, Vicente decidiu pedir refúgio (ser afastado de tudo, sem envelhecer, “dormindo” dentro de uma espécie de gaveta gigante), para que voltasse apenas quando a produção para o seu filme recomeçasse. Deixou esposa e filha sozinhas. 

Victória cresceu sem seu pai, lidando com o funcionamento do mundo, das pontuações e da impossibilidade de morrer e formou sua personalidade. Se tornou amiga de Isabel, filha do grandioso empresário Ricardo Almeida, homem com quem logo começaria a trabalhar e se encantar, ainda jovem. O que ela não sabia é que estava entrando numa história muito mais entrelaçada com a sua do que poderia imaginar.

[...]

Gente! Vocês não tem noção do quanto foi difícil escrever essa resenha. A história do livro é enorme, com muitos detalhes interessantes. Eu fiz essa longa explicação da história, porque queria lhes apresentar as três personagens principais, já que o livro está dividido em três partes, com o nome de cada uma: Regina, Larissa e Victória.


O livro é repleto de novidades. A autora nos explica como cada regra funciona, como acontecem as duas vidas, a passagem de uma para outra e sempre está nos apresentando novos personagens coadjuvantes. Ao mesmo tempo que isso é legal de acompanhar, às vezes eu ficava confusa, mas nada que prejudicasse o andamento dos fatos. Os anos se passam muito rápido, às vezes dentro de um mesmo capítulo. A autora nos explica com que idade cada um está e o que está fazendo da vida, então essa confusão foi, de certa forma, bem compensada.

Não vou me estender muito mais, apesar de ter muita coisa que gostaria de compartilhar. No fim das contas, eu gostei muito da história. Foi tudo muito bem arquitetado e guiado até o final. O livro é grosso e a letra e a diagramação incomodaram um pouco meus olhos, mas fui aos poucos me acostumando.

Enfim, para quem gosta de fantasia, de viajar e conhecer um mundo alternativo, indico muito a leitura. Porém, para quem gosta de histórias muito diretas, esse não é bem o tipo de livro que pode conquistar, afinal os fatos vão sendo explicados lentamente, apesar de isso não fazer com que “Pseudônimo Mr. Queen” se torne um livro chato, muito pelo contrário, pois a cada novo elemento que conhecemos a curiosidade aumenta. 

Brenda Sousa
21 anos. Baiana. Blogueira, leitora viciada, apaixonada por séries de TV. Graduanda em Fonoaudiologia. Criadora do @PostandoTrechos
14 Comentários | BLOGGER
Comentários | FACEBOOK

14 comentários:

  1. Olá, tudo bom?
    Eu vi um pessoal comentando sobre ele no skoob, achei bem interessante.
    Espero que a escritora tenha bastante sucesso com ele e que ele seja publicado.
    Adorei a resenha.

    http://s-sessaoproibida.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma leitura muito interessante mesmo. A gente nunca sabe o que esperar!
      Desejo muito sucesso para a autora também. Foi um trabalho muito bem feito.
      Obrigada.

      Beijos

      Excluir
  2. Gente,eu só vejo maravilhas sobre esse livro e me pergunto por que ainda não adquiri...
    Achei o marcador super fofo
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso isso isso! Eu também me apaixonei pelo marcador. *_*

      Beijos

      Excluir
  3. Oi, meu Deus, me encantei pela história! Achei genial, já coloquei na wishlist. Fiquei bastante curiosa.

    Beijos,
    Natália.
    www.doprefacioaoepilogo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muuuuito legal! Fiquei empolgada quando soube da sinopse.

      Beijos

      Excluir
  4. Ainda não conhecia esse livro, a história parece ser boa..
    beijos.
    Julieta sem Romeu

    ResponderExcluir
  5. Primeira vez que leio uma resenha sobre esse livro. Ainda não tinha lido sobre ele. A autora é uma escritora nacional da atualidade?
    A ideia do livro parece interessante. Gostei, de verdade. Acho que eu o leria, sim. A ideia de um mundo alternativo, com novas regras e um novo modo de vida, parece instigante.
    Um abraço!

    Blog || Fan Page

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É escritora nacional sim. É o primeiro livro dela que conheço, foi ela mesma que me convidou para participar da booktour.
      É bem legal. Diferente.

      Beijos!!

      Excluir
  6. Oláááá, tudo bem???
    Adorei a resenha =D Estou participando do book tour desse livro, então adorei conferir a sua opinião. A história parece super bacana e bem diferente. Curti!!!
    Um beijão e feliz 2016 <3
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada!! Que legal saber disso. Espero que goste, também.

      Beijos!
      Para todos nós.

      Excluir
  7. Olá!
    Nossa, que livro super interessante! Adorei a sinopse e me identifiquei com muitas coisas que você gostou na sua resenha. Adoro enredos diferentes que não tem medo de apostar no inusitado!
    Já coloquei na minha lista de leitura! ;)
    Obrigada pela visita lá no blog, fiquei honrada! Hahaha.
    Beijos,

    Mari,
    Mari The Reader

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito feliz que tenha gostado. É um livro realmente muito instigante. *_*
      Que é isso, obrigada por retribuir!

      Beijos

      Excluir

 
© Postando Trechos, VERSION: 02 - Dentro do céu - Agosto/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo